Início > Bombou!, Pense Nisso!, Período 2º > O feitiço sindicalista retornou ao feiticeiro Ford

O feitiço sindicalista retornou ao feiticeiro Ford

2 de Novembro de 2009 Deixe um comentário Go to comments

banner

Em abril a Chrysler fez o pedido de concordata e posteriormente foi adotada pela italiana Fiat, junho foi a vez da General Motors anunciar a “quase-falência”. A única das “Três Grandes de Detroit” a sobreviver foi a Ford, em seus 105 anos de existência. Não apenas sobreviveu mas também surpreendeu: divulgou um lucro líquido trimestral de US$ 997 milhões, enquanto registrou prejuízos líquidos de quase US$ 3 bilhões  em 2007 e de quase US$ 15 bilhões no ano passado, o  pior desempenho da história da empresa.

A Ford foi a única a não receber e nem pedir por estímulos diretos do governo, mas pediu bastante dos seus trabalhadores.Henry Ford foi conhecido por suas atitudes um tanto quanto inusitadas como, por exemplo, pagamento de salários bem acima da média, entre outras medidas trabalhistas não-usuais para a época que acabavam aumentando o custo que porém geravam lucros líquidos relativamente maiores àqueles anteriores.

Mas parece que a super-valorização dos trabalhadores fordistas tomou um efeito negativo: recentemente a UAW(United Auto Workers – Sindicato dos Trabalhadores Automotivos) rejeitou, com  73% dos votos contra, as novas modificações sugeridas para o contrato de trabalho de 2007 com a empresa, modificações que  eram semelhantes àquelas adotadas anteriormente neste ano pelas concorrentes Chrysler e General Motors. Para piorar, o sindicato afirmou que não voltará a mesa de negociações com a Ford para este assunto.

Hoje presidida pelo bisneto de Henry, a Ford disse que tais modificações seriam o congelamento dos salários semelhantemente aos já concedidos às outras duas montadoras e algumas mudanças na administração da Ford, que passaria a contratar trabalhadores mais qualificados, além de configurar um processo de arbitragem(jurídica) sobre os salários para as próximas negociações trabalhistas em 2011.

Fontes:

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: